Instituto Moreira Salles

Arquitetos Alexandre Brasil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília, Carlos Alberto Maciel e Paula Zasnicoff
Colaboração Pedro Mattos Lodi e Rafael Gil Santos
Local São Paulo, SP, Brasil
Área Construída 8.616 m²
Projeto 2011

O projeto para a sede paulistana do Instituto Moreira Salles propõe um edifício austero, simples, de construção econômica e que evita monumentalizar-se através da elaboração formal ou auto-expressão. O edifício proposto opta deliberadamente por estabelecer sutis relações com o espaço urbano, sempre através de aberturas controladas que se intercalam aos percursos expositivos com caráter introspectivo, estabelecendo alternâncias entre espaços de concentração e fruição das obras de arte, e intervalos que revelam visadas inesperadas da metrópole nos espaços de circulação e conexão entre exposições. Apresenta ainda variadas articulações espaciais internas a reforçar sua função de suporte e contenedor das atividades e da vida cultural que ali se desenvolverá. Busca qualificar os espaços internos para os diferentes usos, reforçando seu caráter público e promovendo uma grande abertura à sua ocupação futura. Para tanto, a indeterminação de usos, o design universal e a possibilidade de transformação de seus espaços conforme as variadas demandas institucionais e curatoriais que se apresentarão ao longo da vida do edifício constituem-se em fundamentos para o projeto.