Plano Diretor e Parcelamento do BHTec

Arquitetos Alexandre Brasil, André Luiz Prado, Bruno Santa Cecília e Carlos Alberto Maciel
Colaboração Bruno Berg
Local Belo Horizonte, MG, Brasil
Área Construída 150.000 m²
Projeto 2004
Construção 2008
Fotos

O desenho urbano para o parque tecnológico de Belo Horizonte BHTEC – edita os elementos fundamentais do sítio reconstruindo sua paisagem natural. Desta maneira, um rio existente define o limite que diferencia os dois setores principais do parque, enquanto um lago na parte mais inferior do terreno configura uma transição para a área com declive mais acentuado onde os edifícios administrativos serão construídos assegurando sua hierarquia diante de todo o complexo. A relação com a grande área verde existente exigiu um projeto ecologicamente correto que minimiza impactos no ambiente natural.

A proposta para o Plano Diretor do Parque Tecnológico de Belo Horizonte tem como principais conceitos:

  • O caráter exemplar que qualquer iniciativa da Universidade deve ter, buscando propor soluções de ordenação do espaço que pressupõem uma abordagem ecologicamente correta, ao mesmo tempo em que têm um rigoroso compromisso com a definição e a caracterização de espaços públicos e abertos, de modo a preservar o vazio urbano, a flora e a  fauna do lugar.
  •  A demarcação dos limites e setores do parque a partir da potencialização de recursos e situações geográficas e ambientais existentes, de modo a complementar a paisagem, ordenar os elementos principais que compõem o parque e equacionar problemas de ordem ambiental e sanitária que extrapolam os limites do terreno.
  • A definição de uma estrutura urbana e um parcelamento das áreas edificáveis com uma lógica que pressuponha a flexibilidade e a transformação no tempo, diversificando as possibilidades de crescimento do parque ao longo dos anos e permitindo sua implantação em etapas.